Apple de malas feitas e de volta aos EUA – e quem manda é Trump!

Já nos habituamos à sua presença (muitas das vezes pelos piores motivos) mas todos os dias são uma pequena surpresa. A sua eleição afetará tudo e todos, e nem grandes marcas e líderes de mercado, como a Apple, são deixadas à margem!

Não é segredo para ninguém as intenções de Donald Trump para o futuro da América – até porque este faz questão de as relembrar, para os menos atentos, de hora em hora na sua rede social Twitter, e que já conta com mais de 21M de seguidores.

E uma das mais sonantes é a sua política de protecionismo económico “Buy American and Hire American”, que defende o moto “tudo o que é nacional é bom, o resto não interessa”, em bom português. Claro está que uma das empresas mais afetadas será a Apple, que mantém muita da sua produção na Ásia.

Uma das últimas especulações que podem vir a confirmar a pressão feita pelo novo Sr. Presidente é a possível parceria da Apple com a Foxconn, a companhia que produz maior parte dos iPhones da marca na China, para a construção de uma fábrica nos EUA.

Ainda mais interessante é o facto de que esta pode vir a servir, não para a produção de iPhones, mas de iTVs! Sim, leu bem, uma televisão da Apple que pode ser vista como um complemento ao já existente serviço Apple TV.

Uma grande deslocação do seu core business mas que acreditamos ter tudo para dar certo!

Boa sorte Apple!

Deixar um comentário

Subscreva a nossa newsletter:

Campos marcados com * são obrigatórios.

Mais artigos

ver todos os artigos