Teremos iPhones produzidos nos EUA em 2017?

iPhone produzido america em 2017

Uma das principais bandeiras da campanha de Donald Trump, na corrida à Casa Branca, foi a certeza de que este iria conseguir  trazer a produção  da Apple toda, para os EUA.

Trump afirmou que quem compra um iPhone não está a contribuir para o desenvolvimento da economia do país, mas sim para a economia da China, onde estes são produzidos.

Após os resultados das eleições serem conhecidos, Tim Cook terá reunido com os seus principais parceiros de produção na China, a fim de perceber se facto seria viável produzir o equipamento totalmente em solo Americano. A Foxconn e Pegatron, duas das empresas que fazem parte das cadeias de produção da Apple,  revelaram que não estariam dispostas a fazer a transição para os EUA. A incompatibilidade dos dois sistemas laborais iriam fazer subir os salários drasticamente e baixar o número de horas de produção de cada trabalhador.

Estes factores iriam fazer disparar os custos de produção, que neste momento estão reduzidos ao mínimo. A marca possui instalações pensadas ao pormenor, como linhas de produção estrategicamente colocadas ao lado de linhas de montagem, para reduzir o custo de transporte e tempo de produção. Recordemos que apesar do número de unidades vendidas de equipamentos ser inferior às unidades dos concorrentes, esta lucra mais do que todos juntos.

Uma vez que a Apple não irá mudar a sua produção para os EUA, resta saber se Trump irá cumprir a sua promessa e aplicar uma taxa de 35% sobre os produtos importados. Os valores para a versão base do iPhone 7 irão ficar nos 1051€, caso a marca não encontre forma de distribuir os custos de produção, e, seja obrigada a passar este aumento para o cliente. Este é um assunto que promete fazer correr muita tinta em 2017, não só com a Apple mas com todas as empresas que produzem fora dos EUA.

  • December 29, 2016
  • Apple

Subscreva a nossa newsletter:

Campos marcados com * são obrigatórios.

Mais artigos

ver todos os artigos