iServices - Reparação de iPhone, Samsung e Huawei

É possível trocar o ecrã do iPhone 13, sem nenhuma limitação!

15/11/2021 - 03:09 - Vânia Guerreiro, Marketing e Comunicação
ecrã iPhone 13

No dia 25 de novembro de 2020, o Parlamento Europeu aprovou uma Resolução que prevê o «direito à reparação» aos consumidores da UE. Porém, após o lançamento oficial do recente iPhone 13, os primeiros testes possibilitaram verificar que a substituição do ecrã, nesta versão do equipamento, impedia o uso do Face ID, mesmo que estivesse a ser utilizada uma peça original.

A limitação estaria a ser causada devido a um pequeno chip que fica posicionado logo atrás do display. Este componente é responsável por autenticar o painel com o número de série do iPhone. Assim, ao identificar um código diferente do esperado, o ecrã não era reconhecido como genuíno. Continuava a ser possível proceder à substituição do ecrã, mas o procedimento seria bem mais complicado... para se proceder à troca do ecrã sem impedir o uso do sistema de biometria (Face ID) do iPhone 13 o processo seria complexo e mais dispendioso, em relação aos valores normais de mercado.

Na prática seria necessário realizar um 'transplante' do chip. Ou seja, para fazer a reposição sem afetar o Face ID, seria necessário retirar a peça do ecrã antigo para implementá-lo no novo painel. Esta operação levaria a que o serviço se tornasse, substancialmente, mais caro para o consumidor!

Após as inúmeras reações polémicas a este posicionamento da Apple, a fabricante decidiu recuar. Aos websites especializados, a marca já assegurou que vai libertar uma atualização de software para solucionar este problema. Esta atualização vai possibilitar a troca do ecrã do iPhone 13 sem complexidades adicionais. É uma alteração importante da Apple face às reparações, abrindo assim a porta aquela que é a vontade expressa de cada vez mais consumidores em toda a Europa.

É importante relembrar que, de acordo com um inquérito Eurobarómetro, 77% dos cidadãos da UE preferem reparar os seus dispositivos a substituí-los e 79% considera que os fabricantes deveriam ser juridicamente obrigados a facilitar a reparação dos dispositivos digitais ou a substituição das suas peças individuais.

Já sabe! Se tiver azar e partir o ecrã do seu iPhone 13 pode reparar o mesmo, na hora, em qualquer Loja iServices.

Autentique-se para comentar

Conecte-se